Curso Objetivo

Login ou senha incorretos
0800 77 00 189                

Direito


A pessoa bacharel em Direito cuida da aplicação das normas jurídicas e da harmonia nas relações entre os cidadãos. Atuando na advocacia, deve garantir os interesses do seu cliente; como juiz ou juíza, analisa disputas e conflitos e os resolve de acordo com a Constituição.

Estudantes de Direito recebem uma formação generalista e multidisciplinar, de tal forma que, ao atingir o bacharelado, são capazes de atuar em empresas ou escritórios, na área de consultoria ou, ainda, de entrar para a carreira jurídica chefiando delegacias de polícia, integrando a magistratura, na promotoria pública ou defensoria pública, entre outras opções. 

O curso de Direito exige bastante leitura, aquisição de cultura geral, exercício de memória, rapidez de raciocínio, elevado grau de associação, análise e coordenação de ideias. Nos três primeiros anos do curso, as matérias são essencialmente teóricas e, depois. o aluno tem trabalhos práticos, nos quais atua como juiz ou advogado em simulações de julgamentos.

Há duas opções de carreiras para quem se forma em Direito: atuar como advogado(a) ou na carreira jurídica. No caso da primeira opção, é necessário conseguir a aprovação no exame da Ordem dos Advogados do Brasil - OAB, que faculta o exercício profissional. 

Dentro da Advocacia, profissionais da área representam empresa, instituições ou indivíduos. E podem atuar com:

Arbitragem internacional
Cuidando das disputas comerciais, fiscais e aduaneiras entre empresas ou governos de países diferentes.

Direito civil
Representando os interesses individuais e particulares dos seus clientes, o que engloba os âmbitos de direito das pessoas, dos bens, dos fatos jurídicos, de família, das coisas, das obrigações e das sucessões.

Direito administrativo
Tratando da aplicação da legislação de órgãos e poderes públicos e sua relação com a sociedade.

Direito ambiental
Trabalhando com a proteção jurídica da qualidade do meio ambiente.

Direito comercial
Intermediando as relações jurídicas do comércio, seguindo o conjunto de normas disciplinares da atividade negocial do empresário. 

Direito do consumidor
Atuando com os direitos que os cidadãos têm em relação aos fornecedores de bens e serviços.

Direito contratual
Orientando pessoas físicas ou jurídicas para a elaboração e assinatura de contratos.

Direito de propriedade intelectual
Representando os autores que querem proteger os direitos que têm sobre as suas obras, impedindo plágios, roubos e falsificações.

Direito digital
Trabalhando com as questões jurídicas e suas aplicações no que está ligado a informática e o universo digital, como provedores de internet, empresas de softwares, bancos e lojas virtuais.

Direito penal ou criminal
Agindo com o poder punitivo do Estado, sendo parte da defesa ou acusação em ações referentes a crimes ou contravenções.

Direito trabalhista e previdenciário
Procedendo nas disputas entre empregado e empregador, questões sindicais ou relacionadas a previdência social.

Direito tributário
Cuidando de áreas jurídicas da tributação, que envolve arrecadação de impostos e taxas.  Quem opta por essa carreira pode trabalhar em órgãos públicos de todas as esferas, e atuar conduzindo investigações ou em julgamentos de ações e processos nessas áreas.

Advocacia pública
Zelando pelo patrimônio público na forma de procurador municipal, estadual ou da União e defendendo os cidadãos que não podem pagar por processos judiciais.

Delegacia de polícia
Trabalhando em delegacias de polícia, elaborando inquéritos, chefiando investigações e emitindo documentos públicos.

Magistratura
Julgando processos e expedindo os mandados para serem cumpridos pela polícia.
O(a) juiz(a) federal julga causas de interesse da União, enquanto que o(a) de Justiça comum modera os conflitos entre pessoas físicas ou jurídicas.

Ministério público
Defendendo os interesses da sociedade através da promoção de ações penais, apuração de responsabilidades e fiscalização do cumprimento das leis; também devem representar os interesses de portadores de deficiência e ausentes, tutelar os direitos das crianças, adolescente e família e ocupar-se das causas sociais.

Atividades Principais

  • elaborar, reformar e analisar contratos;
  • preparar e apresentar peças no interesse de empresas, instituições públicas etc.;
  • representar o cliente nas relações empregado/empregador, em questões trabalhistas e nas ligadas à Previdência;
  • preparar inquérito, chefiar os investigadores de polícia, fiscalizar os setores de armamento e de trânsito;
  • como integrante do Ministério Público, entre outras atividades, promover ações penais, investigar, fiscalizar, apurar responsabilidades, promover ações na defesa do consumidor, do meio ambiente etc.;
  • como integrante da Magistratura, decidir conflitos, aplicar a lei, assegurar a proteção de direitos individuais (liberdade, manifestação de pensamento, intimidade, propriedade etc.).

Mercado de Trabalho

Com a terceirização dos serviços, profissionais que lidam com a elaboração de contratos, formação e dissolução de sociedades, ações civis, penais, comerciais e trabalhistas ganharam evidência no mercado.

Uma outra consequência do momento econômico do país, foi o aumento da procura por profissionais que cuidam de empresas em recuperação judicial e de fusões e aquisições

A área de compliance tem absorvido uma grande quantidade de profissionais. Quem atua nessa área cuida de conflitos relacionados às políticas internas e condutas éticas das empresas, garantido transparência na organização.

A maior tendência no mercado atual está relacionada ao direito de tecnologia da informação ou internet, que atua em casos de crimes digitais, ligados ao comércio eletrônico, uso de imagem, etc.

Duração do Curso

5 anos